Planos de saúde – Entenda como funciona e aprenda como escolher o melhor plano de saúde

0
5
Tudo sobre planos e saúde
imagens saude

Se você chegou até aqui, deve concordar que não há nada mais importante em nossas vidas do que a saúde, certo? Que sem ela, não podemos correr atrás de nossos sonhos, buscar objetivos, conhecer pessoas ou conquistar metas, não é? E quando pensa em depender de nosso sistema público, o SUS, com suas intermináveis filas, para cuidar de sua saúde já sente um arrepio de insegurança, acertei?

Se todas as respostas foram sim, um bom plano de saúde pode ser a solução que você procura. Agora, se você está no time das pessoas que quer contratar um bom plano de saúde, mas não sabe por onde começar, sossegue, estou aqui para te ajudar nisso.

Continue lendo esse artigo para aprender como funciona um plano de saúde e conhecer 5 dicas para escolher o melhor plano para você.

Como funciona um plano de saúde?

Tudo sobre plano de saúde

Um bom plano de saúde funciona de uma forma simples. Primeiro você deve contratar o plano escolhido com uma operadora. Então você passa a pagar uma quantia mensal por esse plano (independente de você usar ou não).

Essa mensalidade pode ser fixa, onde o plano cobre todos os custos, ou variada, onde você paga uma mensalidade menor, e a cada consulta ou exame você dividirá os custos com o plano. Então, quando você finalmente precisar ir ao médico terá atendimento garantido que pode ser na rede credenciada ou própria do plano. Pronto, adeus filas do serviço público.

Mas antes de contratar um plano, existem algumas coisas que você precisa saber. Há três itens que você precisa ter em mente antes de fechar o negocio, são eles: tipos de planos, tipos de contrato e abrangência.

Falarei um pouco mais sobre cada um deles a seguir. Vamos lá?

Tipos de planos
Tipos de plano

 

Um plano de saúde pode variar de acordo com a cobertura oferecida e é a esses tipos de detalhes que você deve se atentar para escolher o melhor plano para suas necessidades.

Por exemplo, se você é jovem e gosta de cuidar da saúde e sempre está fazendo exames de rotina, pode optar pelo plano ambulatorial que cobre consultas, terapias e exames. Ou seja, o básico.

Agora, se você necessita ou pensa na possibilidade de alguma cirurgia ou internação, pode escolher um plano hospitalar que cobre uma possível internação.

Já o plano hospitalar + ambulatorial mescla os dois anteriores com acesso a exames, consultas e internações. É importante falar que essa opção pode ser com ou sem serviços de obstetrícias (cobertura para partos e acompanhamentos a gestantes). Então se você é uma mulher que pensa em ser mãe, esse plano pode ser uma boa opção. Cabe a você escolher qual opção é melhor para sua necessidade.

O plano referência é mais completo e cobre consultas, terapias, exames, internações, partos, acomodações e enfermaria, ou seja, cobertura total ambulatorial e hospitalar em casos de urgência e emergência, a partir de 24 horas de vigência do plano. Esse é o plano ideal para quem pensa em formar família ou tem algum histórico familiar de doença cardíaca, por exemplo.

O plano odontológico cobre serviços dentais. É bom lembrar que esse tipo de plano cobre procedimentos relacionados à sua saúde bucal, como algumas cirurgias. Procedimentos estéticos como aparelhos dentários não estão dentro da cobertura.

Abrangência
Abrangência

É importante observar que ao contratar um plano de saúde, você conta com todas essas coberturas que citei acima, mas não necessariamente o plano vai te oferecer esses serviços no país todo. É o que chamamos de abrangência e pode ser local, regional ou nacional. Então é bom prestar a atenção nesse item ao contratar o plano, pois dependendo da abrangência, preços e coberturas podem variar também.

 

Tipos de contratos
Tipos de contratos

 

Os tipos de contratos para adquirir um plano também variam e têm regras um pouco diferentes para cada um deles. Vamos entender com mais calma.

Quando plano é contratado por pessoa física, ele pode ser individual ou familiar. Esse é o tipo de plano mais comum que você pode contratar e colocar seu companheiro(a) ou filhos como dependentes.

Já se for contratado por um empresário individual ou empresa ele é do tipo coletivo empresarial. Nesse tipo de plano uma empresa fornece o plano de saúde ao funcionário e ele geralmente paga apenas uma pequena quantia de mensalidade.

E por fim se o plano for contratado por uma associação ou sindicato será do tipo coletivo por adesão. Fique atento para o tipo de contrato que melhor se enquadra na sua necessidade. No site da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) você encontra mais informações sobre categorias de contratos para planos.

Como escolher um bom plano de saúde
Como escolher melhor plano

 

Muito bem, você agora já sabe como um bom plano de saúde funciona. Mesmo assim, existem muitas opções de planos e operadoras no mercado oferecendo todo tipo de contrato e você precisa ficar atento para escolher bem antes de fechar negocio. Por isso separamos algumas dicas para te ajudar a escolher o melhor plano de saúde para sua necessidade.

  • Dica 1
    Observe se o plano tem uma boa rede credenciada de ambulatórios, consultórios e laboratórios. Dê uma boa pesquisada sobre isso antes da contratação, afinal, não adianta muito o plano ter um bom preço e boas condições se na sua cidade ele é aceito em poucos lugares.
  • Dica 2
    Pesquise a reputação do plano antes de contratar. Um plano pode parecer atrativo por condições e preços acessíveis, mas de nada adianta se o atendimento for péssimo. Para consultar isso, basta ir a sites como o Reclame Aqui e pesquisar o plano, se encontrar muitas reclamações, é melhor ficar longe.
  • Dica 3
    Verifique se o plano está devidamente registrado na ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), órgão que regula essa área de planos de saúde em nosso país. Se ele estiver registrado quer dizer que respeita todas as normas de segurança e de mercado.
  • Dica 4
    Fuja de empresas que queiram empurrar alguma taxa de adesão ou de contrato. Isso é simplesmente ilegal e um indicativo que aquele plano ou operadora não é de confiança.
  • Dica 5
    Verifique se o plano que você deseja respeita os períodos de carência. A ANS define carência como o período de tempo que o consumidor deve aguardar para ter acesso aos serviços e coberturas. Esses prazos tem limites definidos por leis, por tanto não se deixe enganar por regras falsas ou incorretas. Para mais informações sobre carência de planos consulte o site da ANS.

Seja para proteger você e sua família ou lhe assegurar no trabalho, um bom plano de saúde deixou de ser um luxo para se tornar uma necessidade em nossas vidas, afinal como dizia o sábio “saúde não tem preço”. Espero que esse artigo tenha lhe ajudado a entender como funciona um plano de saúde e como escolher o melhor e o que mais se adéqua a suas necessidades.

Se você gostou de nosso conteúdo, é só curtir e compartilhar em suas redes sociais. Não se esqueça de comentar, pois sua opinião é muito importante para nós.

plano de saúdeRedator:Antonio Ivan .

Formado em administração logística pela faculdade ATENEU

Pós-graduado em auditoria e finanças

Sou proprietário empresa ICservicos especialista em planos e seguros saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here