DECRETO DE FIM DE ANO COMEÇA A VALER HOJE; COMÉRCIO DIZ ESTAR PREPARADO

publicação do decreto do estado do ceara

DECRETO DE FIM DE ANO COMEÇA A VALER HOJE; COMÉRCIO DIZ ESTAR PREPARADO

Apesar das dificuldades impostas pelos cuidados com a pandemia do novo coronavírus e fluxo extra de consumidores nas ruas e corredores de shoppings, o comércio cearense garante estar preparado para atender às novas regras propostas pelo Governo do Estado específicas para o período de festas de Natal e Réveillon. A partir de hoje, estabelecimentos da Capital já podem começar a funcionar estendido, de 9h às 23h, medida que seguirá até o dia 4 de janeiro

De acordo com representantes do setor, considerando as lojas do Centro e os shoppings na Capital, como o plano de atividades foi montado em conjunto com o Poder Público, boa parte do comércio teve um processo tranquilo de adaptação.

A partir de hoje, as lojas do Centro vão abrir de 9h às 19h de segunda a sexta e de 9h às 16h aos sábados. Já os shoppings fizeram programações próprias para o período. Todos os estabelecimentos ficarão fechados nos feriados de 25 de dezembro e de 1º de janeiro de 2021. Nas vésperas das datas comemorativas, as lojas e centros comerciais deverão ter expedientes especiais, funcionando até as 18h.

Entre as mudanças, além da extensão do horário, está a limitação da ocupação de shoppings e seus estacionamentos a 50%, com demarcação de vagas que não podem ser utilizadas. Os empreendimentos devem ainda realizar o controle eletrônico nas entradas principais, informando, através de painéis, a quantidade máxima de pessoas no momento.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza, Assis Cavalcante, a ampliação do horário de funcionamento possibilitará, aos negócios, uma capacidade melhor de garantir um bom atendimento ao cliente, respeitando com rigor os protocolos sanitários.

Ele afirmou que a CDL já vinha pleiteando a mudança, e isso deverá dar mais tranquilidade aos lojistas pelo fato de que as chances de aglomeração de pessoas deverão ser reduzidas. Com as pessoas menos concentradas nas lojas durante o período de alta demanda, o comércio, segundo Cavalcante, terá mais condições de garantir o seguimento das recomendações de saúde.

“Até o dia 4 de janeiro do próximo ano, as lojas poderão funcionar até as 23h, e isso é bom, porque achávamos que teríamos aglomerações por conta do horário reduzido. Com a ampliação, ficamos mais tranquilos, porque poderemos fazer uma atendimento mais seguro para os clientes”, afirmou Assis.

Ainda assim, o presidente da CDL de Fortaleza ressaltou a importância dos negócios seguirem todas as medidas necessárias, informando constantemente aos clientes sobre os protocolos. Contudo, as lojas do Centro não deverão criar medidas extras de combate ao coronavírus. A CDL afirmou que o comércio de rua deverá seguir todos os protocolos já estabelecidos.

Shoppings Em Caucaia

Para os shoppings a situação é um pouco mais complexa, com cada centro definindo o próprio planejamento de horários durante o período de festas de fim de ano, focando a atender à alta demanda de clientes e às necessidades de cada empreendimento.

Contudo, Wellington Oliveira, coordenador da Associação Brasileira de Shoppings Center (Abrasce) no Ceará e superintendente do Iguatemi, garantiu que os shoppings de Fortaleza estão preparados para garantir a segurança dos clientes que forem fazer as compras de Natal e Ano Novo. O constante diálogo entre os representantes do segmento e a equipe do Governo do Estado, segundo Oliveira, garantiu que os protocolos aplicados fossem definidos de forma realista e viável.

“O Governo tem sido muito coerente na conversa com todos os segmentos, e antes da liberação dos protocolos ele checa com a gente para que tudo seja viável. E diante disso, temos todos os shoppings seguindo as orientações dos protocolos, estando preparados para atender à população”, afirmou Oliveira.

O coordenador da Abrasce no Ceará ressaltou que esse contato direto entre o comércio e o comitê estadual de controle da pandemia da Covid-19 tem garantido bons resultados durante a retomada econômica. Wellington revelou que a expectativa dos shoppings é fechar dezembro deste ano com um volume de vendas 10% superior ao registrado em igual período de 2019.

“Apesar de tudo o que houve, com o fechamento no começo da pandemia, a retomada tem sido muito importante, então, as pessoas estão indo ao shopping e as vendas estão num patamar acima do ano passado. Muitos setores estão tendo aumento, como óticas e de celulares, mesmo com a competição da venda online, e a nossa expectava é fechar dezembro com alta de 10%”, projetou Wellington.

Sobre as operações do Iguatemi, o superintendente do empreendimento afirmou que além das iniciativas propostas pelo decreto, serão aplicadas algumas ações extras para garantir a segurança dos clientes. Ele disse que a equipe de colaboradores foi treinada para dar as melhores recomendações aos clientes e aos lojistas. Além disso, o shopping tem visores mostrando o número de pessoas no local e a capacidade máxima. O Centro também terá o número de vagas de estacionamento reduzido em 50%. Via:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *