A importância do esporte e investimento na área

A importância do esporte e investimento na área

Áreas sociais como lazer e esporte, geralmente são deixadas por escanteio em campanhas eleitorais. Profissionais relacionados, como atletas, tendem a se frustrar com a falta de investimento em suas atuações. Conquistas árduas muitas vezes não são reconhecidas, o que leva muitos a desistir do sonho.

A importância do esporte

Saúde e esporte estão diretamente interligados, academias e centros esportivos ajudam a amenizar o stress do dia a dia e a promover o bem-estar geral e bom funcionamento físico. Mesmo estando relacionadas, o esporte e o lazer não são obrigações de investimento aos governantes, são fundamentais para uma população ativa e proporcionar entretenimento, oportunidades e envolvimento, principalmente aos jovens.

O esporte auxilia, além da saúde de forma preventiva, na educação através da dinâmica e valores embutidos que formam cidadãos comprometidos com ideais fundamentais para a vida em sociedade.

A execução da atividade física, no quesito da conservação da estrutura esquelética, mantém a massa muscular e óssea, ao mesmo tempo que conserva a gordura no patamar ideal, fazendo também o condicionamento cardiorrespiratório. Atua na estabilidade do humor e controle metabólico, o que faz com que seja tão importante. O esporte é um agente promotor de saúde, sendo assim, um vetor relevante para a valorização dela.

A importância do lazer

O lazer também é capaz de prevenir doenças, podendo até mesmo curá-las. Sendo um agente preventivo e, juntamente com o esporte, deveria ser estimulado em todas as políticas públicas. Ambos não possuem uma remessa de recursos garantida mesmo trazendo tantos benefícios.

Investimento

Conforme a legislação brasileira, os gastos obrigatórios do orçamento público são apenas educação e saúde, as demais partes são restritas a folhas de pagamento dos funcionários municipais.

Cabe aos administradores públicos demonstrarem habilidade política e administrativa para valorizarem essas divisões, buscando, através da aprovação de projetos em conjunto às secretárias de estado e aos ministérios, o investimento necessário. As parcerias público-privadas também são um excelente instrumento para que se possa assegurar a qualidade de vida da população.

Esporte e saúde

Assim como o esporte promove saúde, ao praticar esportes deve-se ter os cuidados quanto a ela, sendo ela física ou bucal. É necessário manter a vistoria e as consultas com o médico em dia, já que problemas de saúde podem impedir com que se faça esforço físico.

Ao promover o contato da população com o esporte deve-se ter a preocupação de mantê-los informados se estão correndo riscos a demais circunstâncias. Enquanto a prática regular de esporte promove benefícios, o excesso de intensidade do nível competitivo influencia reações neuroendócrinas e cardiovasculares. Essas alterações contribuem para o desenvolvimento de distúrbios no sistema imunológico, fator considerável para o atleta e sua preparação.

Ademais, há outros fatores importantes como a idade, o ambiente, os fatores fisiológicos, anatômicos e genéticos e o estado nutricional, que determinam uma boa disposição. Afetando negativamente, o atleta fica sujeito a infecções, prejudicando o seu rendimento.

Esporte e assistência médica

O diagnóstico correto e o tratamento, além do retorno gradual as atividades físicas, deve ser seguido e proporcionado através de uma assistência médica de qualidade concedida pelo governo. É necessário um trabalho em conjunto entre médico, nutricionista e treinador, que é fundamental e necessário ser de fácil acesso entre a população.

Além desse apoio médico, o apoio de um odontologista deve ser requerido e de fácil disponibilidade aos atletas, já que também há problemas bucais que se relacionam com a pratica esportiva. Essas complicações devem ser solucionadas o quanto antes, para evitar interferência na performance do atleta. Todo praticante de algum esporte, seja amador ou de alta performance, precisa ter o mesmo cuidado a saúde bucal que oferece a outras vertentes da saúde física.

A importância da saúde bucal

A má escovação, o desenvolvimento de gengivite e periodontite, o excesso de ingestão de isotônicos, o mantimento do dente do siso e a não fiscalização de traumas, são riscos para o praticante e podem impedir sua jornada.

  • A má escovação influencia no desenvolvimento de cáries e assim a perda do dente, sendo a ausência dentária responsável pela maior dificuldade de mastigação e trituração de comida, gerando um decréscimo no processo nutricional do atleta.
  • O desenvolvimento de gengivite e periodontite, se não tratado pode agravar o estado para o resto da mandíbula.
  • Com a ingestão demasiada de isotônicos, e assim de açúcar, é acelerado o número de cáries e gengivites.
  • O mantimento do siso pode gerar inflamações ou infecções e, se houver contato, há riscos de fratura mandibular.
  • O contato continuo dos dentes e pancadas que atingem a região pode levar a incidência de traumas que se não tratados levam a perda definitiva do elemento dentário.

Saúde, esporte, lazer, educação, cultura e ademais, são igualmente importantes e se conectam, a valorização de cada um deles é requerida para o melhor funcionamento dos setores da sociedade. Para que haja a valorização ideal de cada setor, é necessária a comunicação entre autoridades e população, visando o balanceamento e que as carências sejam supridas.

Título: A desvalorização do esporte e lazer

Descrição: Áreas sociais como esporte e lazer, geralmente são deixadas por escanteio em campanhas eleitorais. Saiba a importância de cada uma.

Em uma entrevista breve com o proprietário da academia metroforma disponibilizou para nossa equipe tirar foto e fazer algumas perguntas aos alunos da academia.

                                          Valmido Lira Santos Professor e proprietário.
                                          Valmido Lira Santos Professor e proprietário.

Falou da dificuldade sobre essa pandemia como foi difícil passar por esse período sem faturar já que academiar trabalha no regime mensal diferente de grande rede de academiar que trabalha com outros regimes pacotes semestrais.

Também falou que não tem incentivos dos governos para investimento nos atletas de bairros, que são os mais vulneráveis onde tem pessoas que tendem si dedica sua vida ao seu limite ao seu esporte.

Tivemos oportunidade de acompanhar de fazer algumas perguntas ao senhor Rodrigues, Paixão Silva e Natanael.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é image-1.png

Quantas horas de exercícios diários?

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é image-2.png

Tem acompanhamento de uma nutricionista?

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é image-3.png

Qual o auxílio que o governo oferece?

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é image-4.png

Respostas das perguntas:

Quantas horas de exercícios diários?

São uma media de 80 minutos diários da para todos fazer um esforço e frequentar uma academiar 30 minutos por dia.

Tem acompanhamento de uma nutricionista?

Todos falaram que não tem um acompanhamento de um nutricionista o puder público deveria entrar com essa ajuda para incentivar as pessoas manterem a sua saúde.

Qual o auxílio que o governo oferece?

Os governos não entra com nem uma ajuda nem para os atletas nem para os donos de academia já que eles são responsável pela a saúde e bem esta de muita gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *