Como funciona o marketing para supermercados nos dias de hoje?

Saber como fazer marketing para supermercados é essencial para as empresas do segmento, especialmente aquelas que não contam com o fato de ter uma marca famosa. Afinal, muitos mercados atualmente são filiais de grandes grupos que atuam nacionalmente e podem usufruir dos benefícios das marcas conhecidas.

A importância do supermercado não pode ser subestimada em um país como o Brasil. De acordo com pesquisas, o brasilerio gasta, em média, mais de metade da sua renda com alimentação. Esse número, aliás, subiu durante a pandemia do novo coronavírus, até pela necessidade natural da crise, uma vez que os trabalhadores deixaram de comer em restaurantes perto do trabalho durante a crise.

Portanto, é essencial saber como fazer marketing para supermercados de modo a conseguir atrair novos clientes e pegar essa demanda intensa que há no contexto brasileiro. Quer aprender como trabalhar com o marketing nesse segmento? Então siga a leitura abaixo!

Como fazer marketing para supermercados em 5 passos

1. Facilite a compra do seu cliente

O marketing pode ser descrito como um conjunto de técnicas e estratégias com dois objetivos: o de despertar desejo no consumidor e o de derrubar as objeções para que ele realize uma compra. Em relação ao supermercado, o despertar de desejo já está muito bem estabelecido na sociedade. Praticamente não é preciso investir em anúncios para atrair clientes por esse caminho, exceto quando o objetivo é vender um produto em específico.

No entanto, é necessário derrubar as objeções do seu consumidor e fazer com que ele opte por comprar no seu mercado e não no do concorrente. Mas como fazer isso? Uma das formas é em facilitar ao máximo a compra do cliente.

Tecnologia na hora da compra é um bom investimento.

Por exemplo, você está na lista de supermercados delivery em Rappi? O aplicativo colombiano é um dos mais populares do Brasil atualmente e foi o primeiro a oferecer compras em mercados. Estar nesse tipo de aplicativo é vital para poder atender mais pessoas e, principalmente, facilitar o processo de compra dos clientes.

2. Invista na comunidade local

Atualmente, existem dois grandes tipos de mercados no Brasil: os hipermercados e os supermercados de bairro. O primeiro são do tipo que atendem toda a cidade, já que são enormes e podem realizar preços bem baixos por causa da capacidade de comprar em grande estoque.

Já os segundos são os mercados de bairro, que atraem os consumidores por causa da proximidade e justamente da sensação de comunidade local. Portanto, é nisso que o mercado deve investir em termos de marketing.

É essencial se posicionar realmente como um mercado da comunidade local e isso pode ser feito de várias formas. A mais tradicional é ao patrocinar eventos locais, incluindo feiras e até mesmo competições esportivas.

Outra forma é ao organizar pequenos eventos locais no bairro, como uma feira orgânica com os produtos desse tipo ou algo semelhante. Isso ajudará a comunidade a enxergar o mercado com outros olhos e investir mais nele.

3. Use ferramentas tecnológicas para divulgar ofertas

Você sabia que o WhatsApp está em 99% de todos os smartphones no Brasil? Portanto, não há mais razões para fazer a divulgação de ofertas por flyers ou com um carro de som no bairro do seu mercado. Você pode fazer isso de maneira muito mais moderna e eficiente com o investimento em uma newsletter de WhatsApp, por exemplo.

O grande truque para isso, no entanto, é conseguir que as pessoas se registrem em sua lista de contatos via WhatsApp. Para isso, você pode propor um prêmio em uma ação inicial de cadastro, como um desconto especial ou algo do tipo. Isso garantirá vários contatos para poder divulgar suas ofertas.

4. Tenha um programa de fidelidade

Uma maneira de conseguir se posicionar no mercado para um supermercado é ao criar um programa de fidelidade. Ele pode assumir várias formas diferentes, mas a ideia básica é que forneça boas condições para que os consumidores sigam comprando no estabelecimento.

Um exemplo interessante é o supermercado Continente, que por alguns anos em Portugal devolvia aos consumidores uma porcentagem das compras feitas no mercado como crédito para usar nas suas lojas. Um ano de compras costumava equivaler a mais ou menos um mês de compras, o que resultava em muitas vantagens para os consumidores. Na prática, o mercado investia bastante nessa ação, mas também recolhia um lucro superior por praticamente o ano todo.

5. Use influenciadores locais a seu favor

Por fim, não pense que os influenciadores do Instagram e das redes sociais servem apenas para ações com marcas famosas. Pelo contrário, eles também podem ajudar o seu supermercado a se popularizar nas redes e conseguir novos clientes, especialmente se forem populares na sua região.

Pronto! Agora você já sabe como fazer marketing para supermercados e pode começar a colocar essas estratégias em prática. Assim, logo conseguirá um bom fluxo de clientes, de modo a poder modernizar o seu estabelecimento e torná-lo cada vez mais valioso para os moradores das regiões mais próximas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *